ES HOJE

 
Vitória, ES.
Colunistas
Oferecimento:

Da uva ao brinde

Fernanda

Fernanda Almeida é casada, mãe de dois filhos, sommeliére inserida no mundo do vinho há 8 anos

     
           

Tim-tim! Vinho tinto beneficia saúde bucal

                       
                             

           
vinhoPrevine o envelhecimento, ajuda o coração e ainda deixa a pele macia. O vinho tinto também ajuda a manter a boca saudável, porque inibe a cárie dentária e a doença gengival. De acordo com a dentista Catarina Riva revela que os polifenóis, substâncias químicas presentes nas sementes de uva e no vinho tinto ajudam a neutralizar o efeito nocivo dos átomos de radicais livres no corpo, ajudam também a limitar a inflamação causada pela gengivite, a cárie dentária e até a perda de dente.
“Isso porque as propriedades antioxidantes presentes na uva inibem em até 85% a capacidade que algumas bactérias têm de secretar enzimas e ácido lático, responsável por prejudicar o cálcio dos dentes, fazendo com que fiquem vulneráveis e infecções”, revela a especialista que ainda comenta que os polifenóis interferem nas bactérias sem matá-las e isso não contribui para a seleção natural de bactérias mais resistentes, que resultam nas famosas superbactérias.
A especialista ainda revela que é importante não exagerar na quantidade, porque o vinho tinto pode manchar os dentes, devido ao consumo em excesso da bebida ao longo dos anos.
           Publicado em   |   Tags   |   Deixe um Comentário
               

Comentários

               

O ESHOJE não publicará comentários ofensivos, obscenos, racistas, que estimulem a violência, sejam contra a lei ou não correspondam ao assunto da reportagem. Consulte nossa Política de Privacidade.

               
                                                               
                       
  •                    
  •                    
  •                    
  •                                                                                            
  •                                        
  •                
               
               

0 comentários publicados

           

Um coringa viajado

                       
                             

           
Foto: Reprodução da Internet
Reprodução da Internet
Vamos dar continuidade a nossa serie sobre uvas regionais? Ok! Então retomemos pela Zinfandel, uma espécie que foi considerada própria da Califórnia durante um século, até se descobrir que era do calcanhar da Itália, também chamada de Primitivo desde o século XVIII. A com a análise do DNA estabeleceu-se que ambas (Zinfandel e Primitivo) são originárias da Croácia.
 
A Zinfandel é uma uva de grande destaque nos Estados Unidos, mas também é cultivada em outros países, como África do Sul, México e Austrália. Já a Primitivo ganha destaque na região de Puglia, na Itália. A relação das duas foi descoberta por acaso por um professor Americano, no ano de 1967. Após décadas de debate, uma pesquisa genética confirmou que ambas descendem de uma antiga variedade da Croácia, a Crljenak kastelanski.
 
Depois dessa viagem vamos conhecer as principais características da uva: tem preferencia por climas quentes e seus cachos não amadurecem por igual. No visual os seus vinhos apresentam uma cor rubí brilhante, com borda violácea e em sua evolução adquirem tons atijolados.
 
Seus aromas doces lembram frutas maduras, como cereja, framboesa, amora e ameixa, e podemos encontrar especiarias doces como cravo e canela. Dependendo do tempo em carvalho adquire notas de baunilha, tabaco e chocolate, enquanto na boca se mostra sedoso, taninos finos e acidez equilibrada.
 
Em climas quentes a Zinfandel produz vinhos com alto teor de álcool. O white Zinfandel é um vinho muito famoso nos Estados Unidos. Trata-se de um branco quase rosé, que faz sucesso em climas quentes pela sua refrescancia e sabor adocicado.
 
Essa uva produz Vinhos que são verdadeiros “coringas”, pois harmoniza com vários pratos. Vale degustar com queijos amarelos, churrascos, pizzas, pernil, filé mingnon, lombinho grelhado... Mas, uma boa dica, é com a costela com barbecue e batatas à dorê.
           Publicado em   |   Tags   |   Deixe um Comentário
               

Comentários

               

O ESHOJE não publicará comentários ofensivos, obscenos, racistas, que estimulem a violência, sejam contra a lei ou não correspondam ao assunto da reportagem. Consulte nossa Política de Privacidade.

               
                                                               
                       
  •                    
  •                    
  •                    
  •                                                                                            
  •                                        
  •                
               
               

0 comentários publicados

           

Vamos brindar ao novo ano

                       
                             

           
Fim de ano merece brinde, certo!? Afinal, eta anozinho difícil... que bom que terminou e que temos a oportunidade de um novo começo. Sendo assim, que tal boas opções de vinhos para brindar?
Pensando nisso selecionamos alguns rótulos de excelente custo beneficio:
 
Fausto Brut
Fausto Brut: 90 pontos pelo 4º ano consecutivo pelo Guia de Vinhos Descorchados. Este espumante é elaborado com as uvas nobres Chardonnay e Pinot Noir, de cor amarelo claro e reflexos esverdeados. Tem notas aromáticas de flores brancas, frutas cítricas maduras, frutas cristalizadas e pão.
 
 
Na boca mostra-se amplo, marcante, mas sem perder a elegância. Tem acidez e álcool equilibrados, é leve e de ótimo frescor e cremosidade.
 
Pode ser encontrado nas maiores redes de supermercados e adegas com média de preço entre R$ 65. Também encontrado nas versões brut rosé e demi-sec.
Cave Geisse Nature
Cave Geisse Nature: 91 pontos pelo Descorchados 2015/2016.
 
 
É produzido com aproximadamente 70% Chardonnay e 30% Pinot Noir, método tradicional (chanpenoise), de cor amarelo palha que se mistura com reflexos esverdeados. Tem perlage intenso e persistente, aromas com toques de tostado, mel, damasco e amêndoas.
 
Em boca é encorpado, com acidez vivaz e equilibrada, bastante seco. Sua média de preço é R$ 89,90.
Monte Pascoal Moscatel
Monte Pascoal Moscatel 2015: Medalha de Ouro no 12º concurso nacional de vinhos e destilados CMB Brasil/ 2015, e Prata Muscats Du Monde – França. É um espumante produzido com uva 100% Moscatel, método Charmat, de cor clara e transparente, borbulhas abundante, com aroma frutado e intenso - lembrando pêssego, pera, maçã. É possível encontrar, também, notas florais de jasmim e rosas. Em boca é muito agradável, leve, sutil, doce e extremamente aromático. Média de preço R$ 37.
           Publicado em   |   Tags   |   Deixe um Comentário
               

Comentários

               

O ESHOJE não publicará comentários ofensivos, obscenos, racistas, que estimulem a violência, sejam contra a lei ou não correspondam ao assunto da reportagem. Consulte nossa Política de Privacidade.

               
                                                               
                       
  •                    
  •                    
  •                    
  •                                                                                            
  •                                        
  •                
               
               

0 comentários publicados

           

Quando mais velho, melhor

                       
                             

           
uva nebbioloQuando saborear o ensopado, uma carne de caça ou uma massa com molhos cremosos e encorpados, o que beber para acompanhar? Um bom vinho de uva nebbiolo! A uva é originária do noroeste da Itália, na região do Piemonte, onde sua produção é concentrada. A partir dessa casta são produzidos vinhos de grande prestigio, como o Barolo e o Barbaresco, pois a nebbiolo é de muita personalidade. Trata-se de uma casta nobre responsável pela estrutura e elegância do Barolo e Barbaresco.
 
Ocasionalmente podemos encontra-la em alguns vinhos da Austrália, Califórnia, África do Sul, Argentina e também no Brasil.
 
Suas principais características são sua maturação tardia e seu ápice exibidos em vinhos marcantes, expressivos de coloração escura e profunda. Quando jovem tem taninos firmes e forte acidez, praticamente impossíveis de se beber. O vinho de nebbiolo precisa de longo descanso, alguns chegam amadurecer por 10 anos para serem comercializados.
 
Depois de um longo descanso temos vinhos prontos que se tornam incríveis, com acidez e taninos equilibrados, cheios de estrutura e elegância e com aromas envolventes de alcatrão, rosas, violetas, frutas negras, especiarias e couro.
 
Os barolos são únicos, de prestigio internacional, estão entre os melhores vinhos do mundo, e quando jovem quase impossível de ser apreciado. Já os barbarescos têm menos taninos, são mais macios e não precisam de um longo envelhecimento para serem consumidos e são também muito aromáticos.
 
Os demais vinhos produzidos com a nebbiolo não tem obrigatoriamente que ter um grande envelhecimento, apresentam-se bem frutados, com taninos potentes e marcante em boca.
           Publicado em   |   Tags   |   Deixe um Comentário
               

Comentários

               

O ESHOJE não publicará comentários ofensivos, obscenos, racistas, que estimulem a violência, sejam contra a lei ou não correspondam ao assunto da reportagem. Consulte nossa Política de Privacidade.

               
                                                               
                       
  •                    
  •                    
  •                    
  •                                                                                            
  •                                        
  •                
               
               

0 comentários publicados

           

Uva de clima quente

                       
                             

           
Foto: Divulgação
Divulgação
Continuando nossa serie de uvas regionais, vamos conhecer um pouco sobre a uva Mourvédre, uma cepa de maturação de média a tardia e que expressa seu melhor em climas quentes. Isso devido a sua necessidade de receber sol para completar seu ciclo fenólico e, assim, ter seus taninos menos selvagem.
 
Esta uva é usada na produção de grandes vinhos tintos e rosés. A Mourvédre é de origem espanhola, mas muito presente em todo sul da França e da Austrália. A Provece é famosa pela produção dos seus rosés com exceção de Bandol, que é uma das denominações de origem mais antigas dos vinhos da França onde se produzem vinhos tintos potentes e longevos, nos quais se domina a casta Mourvédre.
 
Normalmente usada em blendes com a Grenache, produz em larga escala alguns grandes Châteauneuf-du-Pape, o vinho francês mais emblemático do Vale do Rhône. Na Espanha é conhecida como Monastrell e é a segunda tinta mais plantada do país.
 
Os vinha de Mourvédre geralmente são de cor intensa, taninos bem presentes em boca e de boa qualidade. Eles têm acidez média e, por vezes, alto teor alcoólico. Em seus aromas encontramos cassis, frutas negras (ameixas e amoras, por exemplo) e também pode sentir notas de cerejas e aromas herbáceos.
 
Harmonizações: Para seus tintos, as carnes vermelhas são bem vindas, como costela bovina, picanha, e charcutaria em geral (embutidos). Para rosés, que são leves e refrescantes, a harmonização fica bacana com legumes e é uma excelente pedida para acompanhar sushis e sashimis.
**********
 
vinhoEVENTO PARA BRINDAR
Vinhos, espumantes, frisantes e mais de 25 rótulos harmonizados com música, amigos, frios e petiscos. É o que promete o encontro da 6° confraria de vinhos do Confort Suítes Vitória, com o tema: Mundo das Borbulhas. Será no dia 22 de novembro das 19H30m às 22 horas.
 
Os participantes poderão desfrutar de uma mesa de frios e petiscos e mais de 25 rótulos entre espumantes, vinhos brancos, rosés e frisantes, em um ambiente aconchegante e descontraído. A participação pode ser confirmada pelo telefone (27) 3183-2500.
           Publicado em   |   Tags   |   Deixe um Comentário
               

Comentários

               

O ESHOJE não publicará comentários ofensivos, obscenos, racistas, que estimulem a violência, sejam contra a lei ou não correspondam ao assunto da reportagem. Consulte nossa Política de Privacidade.

               
                                                               
                       
  •                    
  •                    
  •                    
  •                                                                                            
  •                                        
  •                
               
               

0 comentários publicados

               

<<  %pagina%  >>


Mais lidas
Facebook


ESHOJE © 2012, Todos os direitos reservados Anuncie   •   Fale Conosco