ES HOJE

 
Vitória, ES.
Justiça
Oferecimento:

PJe-JT será instalado em todas varas do trabalho do interior

O Tribunal Regional do Trabalho do Espírito Santo (TRT-ES) vai implantar o Processo Judicial Eletrônico nas sete varas do interior que ainda não possuem o novo sistema. Com isso, o Tribunal pretende alcançar a meta de implantação do PJe-JTem 100% das Varas do Trabalho até 2014.

Das 24 varas do trabalho do Espírito Santo, 17 já contam com o sistema eletrônico: as 14 VTs da capital, a Vara de Venda Nova do Imigrante e as duas varas de Guarapari. O PJe-JT também foi implantado na segunda instância e no Posto Avançado de Afonso Cláudio.

Com a intenção de tornar mais fácil e ágil essa mudança, o TRT-ES, por meio da Seção de Capacitação (Secapa), está oferecendo treinamento às equipes das varas do interior. Os cursos de capacitação são ministrados por servidores do próprio TRT-ES que já utilizam o processo eletrônico.

As equipes do interior foram divididas em dois grupos com três turmas cada. A primeira turma de servidores das VTs de Linhares, Colatina e São Mateus começou o treinamento no dia 24 de março. A previsão é capacitar todas as turmas dos dois grupos até o dia 18 de julho.
A primeira instalação será na VT de Linhares, no dia 5 de maio. Depois, o sistema será implantado nas seguintes unidades:
Colatina - 19 de maio;
São Mateus - 2 de junho;
Aracruz - 28 de julho;
Nova Venécia - 18 de agosto;
Fórum de Cachoeiro (duas varas) - 1º de setembro.

PJe-JT no Espírito Santo
O Processo Judicial Eletrônico da Justiça do Trabalho (PJe-JT) chegou ao Estado no dia 3 de outubro de 2012, quando foi inaugurado nas duas varas de Guarapari e nas ações rescisórias do segundo grau de jurisdição. No dia 13 de novembro do mesmo ano, foi instalado na VT de Venda Nova do Imigrante e no Posto Avançado de Afonso Cláudio.

O PJe-JT é um sistema nacional de processo sem papel, que tramita exclusivamente pela internet. Inicialmente, foi desenvolvido para atender as necessidades da Justiça Federal, no TRF da 5ª Região (PE). A decisão de adotá-lo como modelo para todo o Judiciário partiu do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), e o Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT) abraçou a iniciativa.




ESHOJE © 2012, Todos os direitos reservados Anuncie   •   Fale Conosco